Raphael

Raphael

Segunda, 05 Setembro 2016 09:02

Viver Intensamente

Sexta, 02 Setembro 2016 16:55

Novena em Louvor a São Franciso

Estamos celebrando a Novena de São Francisco. Venha participar conosco dessa devoção.

Sexta, 02 Setembro 2016 10:50

Setembro - Mês da Bíblia

“Tua Palavra é lâmpada para os meus pés e luz para o meu caminho!” (Salmo 119,105)

Setembro é o mês da Bíblia. Este mês foi escolhido pela Igreja porque no dia 30 de setembro é dia de São Jerônimo (ele nasceu no ano de 340 e faleceu em 420 dC). São Jerônimo foi um grande biblista e foi ele quem traduziu a Bíblia dos originais (hebraico e grego) para o latim, que naquela época era a língua falada no mundo e usada na liturgia da Igreja.

A Bíblia é hoje o único livro que está traduzido em praticamente todas as línguas do mundo e que está em quase todas as casas. Serve de “alimento espiritual” para a Igreja e para as pessoas e ajuda o povo de Deus na sua caminhada em busca de construir um mundo melhor.

“Toda Escritura é inspirada por Deus e é útil para ensinar, para argumentar, para corrigir, para educar conforme a justiça” (2Tm 3,16). A Bíblia foi escrita por pessoas chamadas e escolhidas por Deus e que foram inspiradas através do Espírito Santo. Ela revela o projeto de Deus para o mundo; serve para que todos possamos crescer na fé e levar uma vida de acordo com o projeto de Deus. Por isso, ela é a grande “Carta de Amor” de Deus à Humanidade. A Palavra de Deus nos revela o rosto de Deus e seu mistério. Ela é a história do Deus que caminhou com seu povo e do povo que caminhou com seu Deus. A Bíblia tem uma longa história, desde nossos pais e mães da fé (Abraão e Sara, Isaac e Rebeca, Jacó Lia e Raquel) passando por Moisés, pelos Profetas, até a vinda do Messias, e por fim a morte do último dos Doze Apóstolos quando foi escrito o último livro da Bíblia (o Apocalipse, escrito no final do I século). A Palavra de Deus demorou em torno de dois mil anos para ser escrita. Muitas pessoas fizeram parte desta história: homens, mulheres, crianças, jovens, anciãos... Por isso, podemos dizer que a Bíblia é um livro feito em mutirão.

Passaram-se os tempos, os anos, mudaram muitas coisas, impérios cresceram e caíram, tantas idéias foram superadas, mas a Palavra de Deus continua “viva e eficaz” (Hb 4,12), pois “ela permanece para sempre” (1Pd 1,25). Embora o mundo busca outros caminhos, sempre existiram pessoas e comunidades que foram fiéis, que buscaram nas Palavras Sagradas a fonte para sua inspiração, para continuar vivendo e realizando o projeto de Deus.

Mais do que história, a Bíblia é portadora de uma mensagem. Ela é capaz de denunciar e anunciar. Ela denuncia as injustiças, os pecados, as situações desumanas, de pobreza, exploração e exclusão em que vivem tantos irmãos nossos. Foi isso que fizeram os Profetas e também Jesus Cristo em algumas ocasiões, pois toda situação de injustiça e pecado é contrária ao projeto de Deus. Mas a Bíblia é, sobretudo, um livro de anúncio. Ela proclama a boa notícia vinda de Deus: Ele nos ama e nos quer bem! Ele é o Deus que caminha conosco, que está ao nosso lado e nos dá força e coragem! Foi Deus que enviou ao mundo seu Filho Jesus Cristo. Ele veio nos trazer a Boa Notícia do Reino; veio nos trazer a Salvação, o perdão dos pecados. É através da fé em Jesus Cristo que nos tornamos filhos de Deus.

Na Bíblia encontramos textos para as diversas situações da vida. Ela ajuda a fortalecer a nossa fé; é útil na nossa formação, nos momentos de crises e dificuldades, na dor, na doença ou na alegria… Para todas as realidades encontramos textos apropriados.

Todos podemos e devemos ler, estudar e conhecer a Palavra de Deus. É certo que na Bíblia encontramos alguns textos difíceis. A Bíblia mesmo diz isso (veja 2Pd 3,16¸ At 8,30-31; Dn 9,2; etc). Certas passagens foram escritas dentro de uma realidade diferente da nossa. Precisam ser interpretadas e atualizadas. Por isso, quando não entendemos um texto, é melhor passar adiante, buscar outra passagem. O Pe. Zezinho nos ensina cantando: “Dai-me a palavra certa, na hora certa, do jeito certo e pra pessoa certa”. É recomendável fazer um curso, uma Escola Bíblica ou estudar em grupos. Tudo isso ajuda a entender melhor a Bíblia.

Na verdade, todo mês devia ser Mês da Bíblia; todo dia devia ser Dia da Bíblia. Por isso, a Bíblia não pode ser apenas um ornamento em nossa casa. A Palavra de Deus deve ser o nosso alimento de cada dia e buscar nela o sustento para a nossa vida.

Termino lembrando um texto bonito de São Paulo: “Tudo o que se escreveu no passado foi para o nosso ensinamento que foi escrito, afim de que, pela perseverança e consolação, que nos dão as Escrituras, tenhamos esperança” (Rm 15,4). Que neste mês da Bíblia, a Palavra que vem da boca de Deus nos anime, dê força e coragem e com isso sejamos cristãos da Esperança!

Alguns conselhos práticos para quem quer ler, conhecer e viver segundo a Bíblia:

  • 1) Pedir sempre ajuda ao Espírito Santo, isto é, iniciar sempre com uma oração;
  • 2) Começar pelos livros e textos mais fáceis, ou seja, os Evangelhos, Atos dos Apóstolos…;
  • 3) Ler e meditar um texto por dia (não é a quantidade que importa, mas a qualidade);
  • 4) Procurar descobrir o contexto em que o texto foi escrito, ou seja: por que e para quem o texto foi escrito;
  • 5) Anotar na sua Bíblia os textos que mais chamam a atenção;
  • 6) Quando encontrar textos difíceis, passar adiante, deixar estes textos para quando participar de um curso ou quando encontrar pessoas que podem ajudar a explicar;
  • 7) Atualizar o texto para hoje: colocá-lo em prática na vida. Celebrar e rezar a Bíblia e a vida. Viver a Palavra!
Sexta, 02 Setembro 2016 10:34

Primavera

Já choramos muito/ muitos se perderam no caminho/ mesmo assim não custa inventar/ uma nova canção/ que venha trazer/ sol de primavera...” (Beto Guedes e Ronaldo Bastos).

 

Eis que um novo tempo se abre diante de nós... Tempo que revela a chegada de uma nova estação: a mais esperada, a mais desejada: a primavera! Esperar e desejar a primavera requer uma preparação dentro de cada um de nós: é preciso passar pela meta-morfo-ose da vida, permitir morrer muitas coisas, deixar o vento levar outras...

 

Antes da primavera há um tempo de inverno e de seca! A seca mata muitas coisas, o sol ardente queima outras, o fogo reduz outas às cinzas! Desta morte, nasce outra vida. Desta dor nasce a esperança e a ressurreição! Se você for capaz de renascer e de cultivar jardins dentro de você, então a primavera será também a sua vida...

 

Que você aprenda a cultivar jardins dentro de você e também jardins à beira de sua estrada...

Tenha um ótimo fim de semana e um excelente mês de setembro...

Frei Paulo Sérgio, ofm

Quarta, 31 Agosto 2016 11:16

Amizades!

“E que graça teria a vida se só houvessem dias ensolarados e amigos equilibrados?” (Caio Fernando Abreu).

 

Eu sou uma pessoa solar, gosto de luz, de energia... Não gosto de cortinas fechadas e nem de janelas fechadas. Por mim não existiriam chaves e nem portas trancadas... Mas sei reconhecer a importância da noite, dos dias chuvosos e frios... Isso traz o equilíbrio e até a saudade dos dias de sol... Somos assim: luzes e trevas, calor e frio, alegria e tristeza, ansiedade pelo futuro e saudade pelo passado...

 

E o que falar das amizades? As amizades estão aí para serem construídas, pois nunca estarão prontas... E nós fazemos parte deste per-curso: somos amigos, construímos amigos, caminhamos juntos como amigos... Então não tem como tirar os defeitos, pois eu também os levo nas relações. Nas amizades ajudamos as pessoas a melhorar, assim como elas também nos ajudam... É um caminho de troca, de cuidado, de zelo e de amor!

 

Tenha um lindo e abençoado dia!

Frei Paulo Sérgio, ofm

Sexta, 26 Agosto 2016 15:32

Sonhe, cante....

“Quereis cantar louvores a Deus? Sede vós mesmos o canto que ides cantar. Vós sereis o seu maior louvor, se viverdes santamente” (Santo Agostinho).

 

Cantar é uma das mais belas expressões do ser humano... Os pássaros cantam, expressam sua essência... aprendemos a cantar também, expressando sentimentos! No cantar, nossa alma se manifesta: isso é trans-figuração! Se você não canta, está deixando janelas fechadas dentro de você... No cantar os pássaros são plenos; no cantar somos alegria!

 

Que você nunca desista de cantar, como também nunca deixe de sonhar! Se você sonha é porque você traz desejos intensos, vontade de ir além, de construir coisas grandiosas... Então, meu amigo (minha amiga), sonhe muito, deseje coisas grandiosas e cante sempre a canção da sua vida!

 

Tenha um excelente fim de semana!

Frei Paulo Sérgio, ofm

Quinta, 25 Agosto 2016 07:53

Relações

“O amor passa, a amizade volta, mesmo depois de ter dormido um certo tempo” (George Sand).

 

A verdadeira amizade é uma planta de crescimento lento, e deve experimentar e resistir os choques da adversidade e dos contratempos de todo relacionamento. A amizade requer cuidado, atenção, rega na medida certa: ela precisa do dia para se fortalecer e da noite para se resguardar! A amizade é feita de encontros, de intensidade e também de ausências...

 

Procure ser cortês com todas as pessoas, pois isso é uma atitude nobre. A gentileza deve perpassar seus gestos e atitudes, porém seja íntimo de poucos, pois essa intimidade da alma deve ser compartilhada somente com as pessoas que participam da sua eleição. É nesse espaço sagrado da alma que se constrói relações de amor, de carinho e de amizade...

 

Abraços terapêuticos,

Frei Paulo Sérgio, ofm

Terça, 23 Agosto 2016 13:05

Mês vocacional - vocações Leigas

Agosto: Mês Vocacional

 

Quarto Domingo: Vocações Leigas – Dia dos Ministérios Leigos

 

Cada domingo do mês agosto é dedicado à reflexão sobre as vocações. Vocação é um chamado que Deus faz a cada pessoa, objetivando leva-la ao caminho da realização e da felicidade. O quarto Domingo é dedicado às Vocações Leigas: todos os batizados e crismados que assumem algum trabalho de evangelização na Igreja. O destaque maior é dado aos catequistas: assumem a missão de evangelizar as crianças, jovens e adultos, preparando-os para receber os sacramentos da Iniciação Cristã.

Os leigos atuam como colaboradores dos padres e diáconos na catequese, na liturgia, nos ministérios de música, nas obras de caridade e nas diversas pastorais existentes. São fundamentais numa paróquia evangelizadora e missionária.

Ser leigo atuante é ter consciência do chamado de Deus a participar ativamente da Igreja e do Reino contribuindo para a caminhada e o  crescimento  das comunidades rumo a Pátria Celeste. Assumir esta vocação é doar-se pelo Evangelho e estar junto a Cristo em sua missão de salvação e redenção.

Neste domingo, 28 de agosto de 2016, vamos celebrar este dia tão especial dedicado à Vocação dos Leigos na Igreja.

Segunda, 22 Agosto 2016 09:22

Magnificat

“Doravante todas as gerações me chamarão bem aventurada, porque o Todo Poderoso fez grandes coisas em meu favor” (Lc 1, 48b-49a).

 

O cântico de Maria (Magnificat) revela o espirito forte e disposto da jovem filha de Sião. Ela reconhece o poder de Deus agindo em sua vida, fazendo dela uma bem aventurada. Ela, porém, agiu e favoreceu a graça! Ela cresceu pela graça e assumiu a sua condição humana, fazendo-se mãe do Salvador. Ela se fez inteira: mulher e mãe!

 

Nossa missão também é semelhante à de Maria: revelar Cristo ao mundo! Apresentar o Salvador às pessoas, principalmente pelo testemunho de nossas vidas... A sociedade precisa, como nunca, de nosso testemunho cristão. A graça de Deus em Deus não pode ficar estéril... Precisamos viver a bem-aventurança de sermos filhos (as) de Deus... E Maria nos ensina a viver essa eleição!

 

Tenha um lindo e abençoado dia... E uma semana cheia de alegria e bênçãos!

Frei Paulo Sérgio, ofm

Quinta, 18 Agosto 2016 09:23

Gratidão

“A vontade de retribuir vem naturalmente e um pequeno gesto acaba se multiplicando. Quando se planta cuidado, colhe-se gratidão” (Charles Chaplin).

 

Todo o nosso descontentamento por aquilo que nos falta procede da nossa falta de gratidão por aquilo que temos... É preciso um espírito de humildade em nós, para, assim, crescermos também em espírito de alegria e gratidão. Expresse gratidão com palavras e atitudes. Sua vida mudará muito de modo positivo...

 

Comece exercitando as palavras mágicas: bom dia, boa tarde, por favor, desculpa, muito obrigado! Isso cria uma energia boa e positiva dentro de você... A polidez e a cortesia nem sempre inspira a bondade, a equidade, a complacência, a gratidão; mas, pelo menos, incentiva-nos a construir em nós o espirito de bondade e gratidão...

 

Abraços terapêuticos,

Frei Paulo Sérgio, ofm